quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

diploma.

E foi o fim de anos de estudos impostos e lutas surreais por uma instituição de ensino. Bom, sabemos que as amizades que realmente criamos vão prevalecer mesmo, e que novos caminhos serão trilhados. E que esses anos que passei estudando mortalmente matérias das quais não me caberiam nada para o meu futuro, mas que fez com que eu conhecesse pessoas maravilhosas e formasse um caráter, um eu que devo a eles. Me orgulho de mim, mas me orgulho de vocês, e ainda mais por cultivarmos a ligação que temos. Obrigada por tudo! Amo vocês. E que o futuro lhes reserve frutos maravilhosos e que possamos manter contato e nos reencontrarmos durante a nossa trajetória. 

e acabou...

Como suspeitava nas minhas veias e entranhas o que tinha pra falar não era nada do que eu esperava. Totalmente sem motivo expressado as claras a mim, mas eu tive que aceitar e me conter para não abrir minha boca e dizer tudo o que eu queria; dizer o que eu não queria! Não queria que acabasse assim, algo que pra mim estava tão bem, belo e bondoso para o meu coração. 
Confesso que chorei, que realmente sofri, mas que me surpreendi também, com a facilidade com a qual pude superar todo o ocorrido. Foi difícil. Ainda mais por cada canto da minha casa eu tenha deixado invadir além da minha pele, coração e mente. A cada passo que eu dava lembrava de uma determinada historia, de uma determinada conversa, de uma risada... mas como dizem: isso passa! E passa mesmo. Obviamente ainda tenho ele bastante marcado na minha massa, por tudo o que ele foi, significou e ajudou-me. Eu realmente gostei do tempo que passei com ele, mas não sei como eu consegui me recuperar tão rápido. Acho que é o caso do sexto sentido feminino que gritava já pelo término. 
Não me arrependo nem um pouco de ter estado com ele. Hoje, ainda vejo ele como um amigo, uma pessoa especial. Porém não posso dizer que nunca, mas pelo menos por enquanto, se houver chance de voltarmos ainda, acho que não iria querer. Com medo de perdê-lo de novo para um nada, ou um algo desconhecido e forte, que eu não possa controlar ou superar. Mas fica ai o meu obrigada e a prova da minha superação.
Related Posts with Thumbnails