quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

tentada(o)

Depois de inúmeras conversas, inúmeras coincidências, da primeira briga, ele ficou tentado a transformar tudo o que temos em algo sério, mas na insegurança do não e do desconhecido, me pergunta de uma forma um tanto contida, que me leva a dizer um talvez, que provavelmente fosse sim. Mas talvez tenha sido bom ele não ter feito a pergunta de um milhão de dólares, afinal acabamos de nos conhecer, se é que podemos chamar disso.. Estou tentada a aceitar seu pedido quando ele vier, mas ao mesmo tempo não, por motivos tão fortes além da sintonia surreal que temos, além de toda a facilidade de conversa e entrosamento perspicaz entre a gente.. Mas será que isso será o melhor mesmo? namorarmos? ainn, o pedido ainda nem veio e eu já estou surtando. Vou tentar não pensar, não deixar isso me dominar. Quando acontecer vou falar o que eu achar melhor no momento e vou embarcar nessa. Deve ser a melhor opção! Se tiver que ser vai ser! 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails