quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

difícil, te deixar ir.


Dói. Dói muito todas as lembranças bonitas que me sobraram, mas eu prefiro tê-las e sentir doer do que esquecer tudo e seguir em frente como se essa história fosse um rascunho escrito num guardanapo de um bar qualquer. Se soubesse metade da saudade que eu sinto, de um grama do peso que carrego no peito quando te vejo passar, do nó que surge na garganta quando quero dizer algo a você; da saudade que você me dá. Da falta quase insuportável que eu sinto dos seus abraços, da dor na memória quando toca 'Be With You', quando vejo seu nome escrito na agenda do celular. Muita coisa me lembra você e... Eu juro que estou tentando 'te deixar ir', não te procurar, mas desculpa, eu queria ainda estar com você. Acredite, a saudade que eu sinto não cabe na palavra que a descreve. Tento te abraçar em pensamento, mas o vazio em volta de mim é tão grande que machuca.
Nunca achei que diria isso, mas... Eu sinto uma puta saudade de ouvir o seu silêncio. Esses gritos alheios de agora em nada me preenchem como você me preenchia.
Queria poder te encontrar de novo com aquele sorriso que só você tem, mas só me resta te ver caminhando por aí e se encontrando, vivendo, seguindo (como eu admiro isso), mas eu to bem, to bem aqui ainda muito perdida em você.

I. Compartilhando a Leitura

Dear John,


There's so much I want to say to you, but I'm not sure where I should begin. Should I start by telling you that I love you? Or that the days I've spent with you have been the happiest in my life? Or that in the short time I've known you, I've come to believe that we were meant to be together? I could say all those things and all would be true, but as I reread them, all I can think is that I wish I were with you now, holding your hand and watching for your elusive smile...Wherever you are and no matter what's going on in your life, when it's the first night of the full moon-like it was the first time we met-I want you to find it in the nighttimes’ sky. I want you to think about me and the week we shared, because wherever I am and no matter what's going on in my life, that's exactly what I'll be doing... I love you, John Tyree, and I'm going to hold you to the promise you once made to me. If you come back. I'll marry you. If you break your promise, you'll break my heart.
Love, Savannah. Querido John.

SMS

De uma forma tão doce e avassaladora, tem em mim entrado. Meu pensamento confuso, magoado e receoso está ficando cada vez menos cauteloso devido a sua presença. O que você está fazendo comigo? O que você tem que me deixa tão a vontade? 
Nossa maneira de nos conhecermos, as ingenuidades nossas, e pontos diferentes, que nos fazem crescer, amadurecer juntos, mesmo sendo de idades tão diferentes. Nossas similaridades nos deixam cada vez mais impetuosos, nos privando de termos timidez e nos abrirmos um para o outro. Nesse anseio por sua atenção, sua presença, meus dias vão passando, mas as noites vão sendo preenchidas por longas conversas, que me prendem, ignoram meu sono e incendeiam a minha curiosidade por você. E você que é totalmente diferente do que eu estava acostumada, me deixou confortável com sua presença, sua descoberta, mas ao mesmo tempo desconfortável, por ser um alguém tão incomum. Talvez seja uma ótima maneira de começar o ano, uma ótima característica pra que de certo, afinal, como você mesmo disse, você é normal, mas acho que é isso que me faltava. Não quero ser precipitada, mas com esse seu jeitinho, em tão pouco tempo tem me tomado! Você me surpreende. Tão ocupado, arranjou um jeito de entrar rápido no msn, pra simplesmente ''me mandar um beijinho''. Passei o dia todo esperando por você, no msn, por uma simples mensagem no celular, talvez. Um algo que traria meu brilho no olhar de novo, desde que você apenas deu uma saída, totalmente compreendida, você faz melhor!E é assim que você vai me sequestrando o pensamento. De  ''mancinho'' e tão docemente vai burlando meus principios, mas eu estou adorando. 

make someone love you

His hair, flys perfectly without him trying. His eyes, shine perfectly when he’s smiling. He took my perfume, sprayed it on himself and said, “so I can smell of you”.I melted. I never really wanted to think I was in love with him, I just thought I want what I cant have, but no, now I know without a shadow of a doubt. I’m in love with him, and if it’s possible to love someone more everyday, I love him more everyday. I hate him. I hate him so much, I loathe his being. And yet I cant help myself, i'm like putty in his hands, I want to hug him, kiss him, hold his hand, I want to feel the beat of his heart, his warm touch next to mine. And yet all of these things are impossible. For now. I’ve set myself a goal, I’m not going to give up without a fight. I know that at least if I don’t give up, I will be able to accept defeat if the time comes, if I try my very hardest. But I know that in the end, you can't make someone love you. So I’ll wait. 
Always.

(re)começo

''Ano novo, vida nova, tudo novo!'' Assim eu espero! 
De férias, ô maravilha, torço pra que a de vocês estejam boas também, vou postar com menos frenquência, me desculpem-me, mas com bastante vigor! Obrigada, gente! 
Feliz Ano Novo! :D
Related Posts with Thumbnails