domingo, 15 de agosto de 2010

I giggle almost every time!

Eu adoro fazer os outros rirem, e mesmo que não riam, eu rio sozinha. Me divirto com minhas próprias piadas. Não acho que estou errada. Temos que rir da vida, rir de tudo, porque se levarmos a sério tudo a todo tempo, não haverá motivos fortes pra se viver. 
Desfrutar de momentos de alegria, bom humor é o que torna a vida mais doce, mais agradável, mais possível de ser saboreada; se não rirmos só tornamos a vida cada vez mais desgastante, mais sombria, mas difícil, mais chata! Por isso, aprecio os otimistas, que conseguem achar em cada situação terrível, uma possibilidade de resolução, de conserto, de deixar o peito aliviado. Então, acredito que todos devemos saber aproveitar bastante os prazeres que a vida nos dá, claro que com moderação, pois não estou fazendo apelação a sexo, drogas e rock'n roll hahaha, me refiro a tirar de cada momento difícil um aprendizado, uma lição, uma graça, uma piada, para que a vida não se torne algo insuportável e sim, louvável, lisonjeiro. 
Eu acredito que a vida é algo na qual as pessoas deveriam dar mais valor, ter mais respeito. Mas não só pela sua, com a dos outros também. Me entristece a crueldade, essa falta de compaixão, esse egoísmo no qual temos que conviver, o que é algo em que eu sei que fica difícil de se fazer rir, mas temos que tentar. Não podemos desistir. Não podemos largar a vida de lado por causa uma barreira. Já dizia o ditado: 'fecha-se uma porta, abre-se uma janela', o que nos leva a ter esperança de que isso vai mudar, e assim, com força de vontade, fé riremos de novo e estaremos preparados para um novo enfrentamento. Mas enfim, a mensagem na qual quero passar é que a vida é algo muito precioso, que não deveríamos gastar de maneira tão abrupta, impetuosa porque saber viver é algo que todos os cidadãos deveriam aprender e respeitar!


-
Bruna Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails