sexta-feira, 2 de julho de 2010

Mesmo que eu tentasse,

talvez eu não pudesse explicar racionalmente o que me leva a gostar tanto de você; o que me leva a sentir tão bem e feliz de ter você aqui. As brigas são inevitáveis, o extresse faz parte, mais se eu pudesse evitar cada motivo de discordia eu evitava, você não sabe a tristeza que bate no meu peito, mas consigo superar apesar de tudo, como um filme no final tudo tem que dar certo. assim espero, ficar sempre contigo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails