sábado, 3 de julho de 2010

eu não quero ser a heroína

de nenhuma historia perdida, eu não quero ter razão e nem nenhuma solução científica, não quero ser somente o calmante, o porto seguro, eu quero ser mais do que a droga, quero não ser necessária e ao mesmo tempo ser tão insubstituível, ser ao mesmo tempo uma razão mas sem explicação para isso, sem um motivo aparente, quero sentir o gosto por simplesmente curtir o sabor.



-
Bruna Carvalho

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails