sábado, 3 de julho de 2010

ás vezes

deitada, enrolada no cobertor, sofro por não te encontrar tão pertinho de mim; mas não peço para que tu voltes, afinal nunca vieste; mas peço que venha, e que seja pra ficar, eternamente; ao meu lado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts with Thumbnails